Aromaterapia

Oi mana!


Antes de tudo se sinta bem-vinda e abraçada! Espero que você esteja bem. Se não, repito para você a linda frase que veio a mim em sonho, num momento em que estava precisando muito de um direcionamento: “Entrega teu caminho ao Senhor, confia Nele e Ele tudo o fará”. 

Nessa semana vamos falar sobre a: aromaterapia.

Você sabe o que é ou já ouviu falar? Se não, aguenta ai. Vou te explicar como funciona essa terapia maravilhosa!



Aromaterapia é uma terapia de natureza holística, que busca obter de forma integrada o equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual através do uso de óleos essenciais.

A palavra "aromaterapia" vem dos termos gregos “aroma” = odor agradável + “therapeia” = tratamento. Literalmente Terapia dos aromas.

As ervas aromáticas, resinas e alguns tipos de madeira, são utilizados para fins religiosos, curativos ou estéticos há milênios no Egito, China, Índia, Grécia e Roma. A destilação (uma das técnicas de extração) de óleos essenciais de forma mais refinada e eficiente ocorreu em 1000 d.c., através de Avicena, um médico e filósofo árabe. Os alquimistas no século XVI acreditavam que o óleo essencial era a parte da planta responsável pela cura, pois é a “alma da planta” 

O termo "Aromaterapia" foi usado inicialmente por René-Maurice Gattefossé, um químico francês cuja família possuía uma indústria de perfumes. Um dia, trabalhando em seu laboratório, Gattefossé queimou a mão acidentalmente e mergulhou-a num recipiente contendo óleo essencial de lavanda. A queimadura curou-se rapidamente. Sem infecção, sem bolhas, cicratizando sem maiores problemas. Gattefossé ficou fascinado com o feito e procurou estudar mais a fundo as propriedades terapêuticas dos óleos essenciais.

Após vários estudos, de várias fontes pelo mundo todo, descobriu-se que por apresentarem funções terapêuticas, farmacológicas e cosméticas, o uso dos os óleos essenciais traz muitos benefícios. Entre eles: melhora e promoção da sensação de bem-estar; alívio nos sintomas de doenças; amenização de dores; fortalecimento das defesas do corpo; opção natural na composição de cosméticos. Além de alguns benefícios mais específicos como o uso em hipertensos, mulheres na menopausa, casos severos de ansiedade, casos de TDAH e muitos outros.

Assim como as terapias anteriores, também faço uso dos óleos essenciais. Uso muito na área cosmética e na criação de sinergias para problemas articulares, respiratórios, enxaqueca e problemas de pele.

E como escolho as essências que farão parte da sinergia? Através da radiestesia e do conhecimento de cada essência e suas principais áreas de atuação. E assim, como todas as técnicas holísticas e terapêuticas, a constância e o comprometimento são cruciais para se alcançar a melhora dos sintomas e uma eventual finalização do problema.

Lembrando que a terapia atua juntamente com a medicina alopática e está não deve ser abandonada. Somente sob orientação médica.

Antes de finalizar, vou por aqui uma receita simples para esses dias frios, onde passamos mais tempo em casa, com portas e janelas fechadas. 


Vamos lá:

1 recipiente de plástico ou vidro de 250 ml

100 ml de água

150 ml de álcool de cereais (encontra em alguns mercados e casa de essência)

40 gotas de óleo essencial de Eucaliptus Globulos

Misture todos ingredientes e borrife na casa e nas roupas de cama

Dica: 1 ml de óleo tem em média 25 gotas.

A média são 40 gotas, mas você pode por menos se achar o cheiro muito forte.


Use e se quiser me diga o que achou. Combinado?


Como sempre, conto com sua companhia e se tiver dúvidas, pode mandar! Não se esquece de chamar suas amigas, hein? Você e elas são sempre bem-vindas!!!

Até!!!!!


Elisabete Arruda – Hipnoterapeuta, Terapeuta Floral, Auriculoterapeuta, Mestra em Reike Usui e Karuna Ki, Mestra em vários sistemas de energia e outras técnicas terapêuticas, Instrutora de Yoga e Psicanalista em formação. Co idealizadora do Projeto Ervas e Tradições.


Instagram - @elisabetearrudaterapeuta


@ervas.e.tradicoes

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo